segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Razões para uma infografia online


Porquê uma infografia?


- Uma infografia é uma notícia visual. Há muitos assuntos que são muitíssimo mais fáceis de explicar de forma visual do que apenas em texto.

Exemplo: tente explicar o que é e como funciona um parafuso, a alguém que nunca tenha visto um.
Definição de parafuso: s.m. Peça cónica ou cilíndrica, estriada em hélice, que se embute, fazendo-a girar sobre seu eixo longitudinal, seja noutra peça (chamada porca), atarraxada em sentido contrário, seja num meio resistente, por efeito combinado de rotação e pressão.
E agora experimente mostrar à mesma pessoa este desenho:


Pois...


Algumas razões para uma infografia online:

1 - Uma infografia multimédia pode ser interactiva. Do simples sistema de navegação à análise complexa de dados georeferenciados em tempo real.

2 - Uma infografia multimédia será SEMPRE mais vista por mais gente do que o mesmo assunto em papel, qualquer que seja a publicação e a tiragem. Não morre no dia após a sua publicação.

3 - Uma infografia multimédia é uma notícia que tem uma rentabilidade muitíssimo mais elevada que a grande maioria das notícias escritas. Mesmo que se demorem várias horas a realizá-la. As vezes em que pode ser associada a notícias várias sobre o tema, ou as vezes em que é vista autonomamente, compensam largamente a energia e recursos despendidos para a realizar.

4 - Uma infografia multimédia pode (deve) ser corrigida mal seja detectado o erro ou gralha.

5 - Uma infografia multimédia estabelece laços fortes de confiança com os seus leitores. (Contar história Panteão).

6 - Uma infografia multimédia pode ser actualizada ao longo do tempo, prolongando a sua vida útil indefinidamente. As datas de criação e de actualização devem estar presentes.

7 - Uma infografia multimédia pode ser lúdica (exemplo: formas de fazer passar conceitos mais complexos em forma de jogo).

8 - Uma infografia multimédia pode estabelecer dois tipos de narrativa, linear e não linear, simultaneamente, sem se perder a informação nela contida. Dá opcções de leitura a quem a consulta.


Este é um trabalho que está em aberto e ao qual serão acrescentadas frases e/ou corrigidas outras. Aceitam-se colaborações.

2 comentários:

Sérgio B. Gomes disse...

Mário

Vamos lá pôr estes oito pontinhos a funcionar rapidamente.

Prá frente é que é caminho...
Abraço
S

menosketiago disse...

Muitos parabéns pelo blog, fazia falta um discurso directo sobre a àrea :D

Vou concerteza ser leitor assiduo!