quinta-feira, 10 de Junho de 2010

"Nem armas nem centrais já cá temos merda a mais"

Não sei de onde vem nem sequer onde estava escrito, não me lembro, mas foi durante os anos 80 que li pela primeira vez a frase, título deste post, talvez escrita na parede de algum muro suburbano. Ficou latente numa zona do meu cérebro, para hoje aparecer neste blog. Ainda se vivia a guerra fria e os filmes tinham quase sempre como maus o grande bloco vermelho que era a União Soviética.

Entretanto a famosa guerra fria foi substituída por outras guerras, das guerrilhas às sofisticadas ameaças terroristas e outras tensões nucleares como o Irão e a Coreia do Norte. Por isso, para entender melhor o assunto, resolvi criar algumas infografias dedicadas ao tema do nuclear. Aparecerão primeiro em inglês, Nuclear data, a visual set. Mais uma vez, em regime de Creative Commons.

Para ver em Chrome ou Safari. Ou no iPad ;)

#1

terça-feira, 1 de Junho de 2010

infografias @ iPad

Enquanto não me chegava um iPad às mãos ;) fui experimentando alternativas ao Flash para fazer as infografias que costumava fazer. E desta vez, sem qualquer tipo de cedências quanto a tecnologias não standards (ainda me lembro de não poder fazer coisas em Flash porque negligenciava uma percentagem muito grande de leitores). Como quem dita os standards da web é o W3C, foi por lá que comecei a aprender Scalable Vector Graphics (SVG). O SVG é uma tecnologia decana filha do XML (essa meta linguagem) e baseia-se numa web (cloud?) aberta e semântica. Claramente uma direcção. Aqui não é a tecnologia que está errada mas os browsers que não a leêm é que têm de se cuidar. Para já funciona bem em Chrome e Safari. O Firefox ainda não está a aceitar SMIL mas para lá caminha (espera-se um patch). Quanto ao IE continua a precisar de um plugin da Adobe (SVG Viewer) para funcionar.
E de repente, já quase nem me lembro do Flash ;)

"Caminante no ay camino, se hace camino al andar".
A. Machado, poeta sevilhano